Edição 29, entrevista exclusiva com a cantora e Pastora Ludmila Ferber

 lud e ap aloisio

  A Revista Louve em sua edição especial de 11 anos, tem a honra de entrevistar a Pastora, cantora e acima de tudo uma grande guerreira de Deus, Ludmila Ferber.

 

   Mesmo sabendo das dificuldades que encontraríamos, sabendo que o período é delicado e também de retomada das atividades normais pela cantora, insistimos muito nesta entrevista, pois sentimos em nosso coração que a Revista Louve poderia levar aos seus leitores só um pouquinho da garra e do exemplo desta grande “guerreira de Deus”.

  Não podemos deixar de agradecer o carinho da Lorena e principalmente à Pra. Ludmila pela gentileza de nos atender e contribuir com a sua experiência para auxiliar todos os nossos leitores que possam neste momento estar passando por adversidades. 

entrevista ludmila

A cantora e pastora Ludmila Ferber está em estúdio gravando um novo CD.

O álbum terá a participação de nomes como Fernanda Brum, Jozyanne e Lilian Azevedo e tem tudo para ser mais um grande sucesso nesta já tão abençoada carreira.

Texto: Getúlio Camargo

1 - Revista Louve: Gostaríamos de saber um pouco sobre a sua infância, adolescência e seus pais.

Ludmila Ferber: Tive uma excelente infância, éramos eu, meu irmão e meus pais, e também meus avós. Nossa família era da classe média, minha base era católica, minha mãe professora e meu pai um gerente de metalúrgica. Brinquei muito e estudei em bons colégios. Minha adolescência foi marcada por muitos questionamentos e todo ambiente que envolve os adolescentes e seu conflitos. Sempre, desde muito cedo, tive uma sede muito grande em conhecer Deus, e saber qual seria meu propósito na vida.

2 - RL: Como foi a sua conversão? Dê um resumo do seu testemunho, você nasceu no evangelho? Quando foi que você teve um encontro com O Pai (Jesus Cristo)?

LF: Por causa de um câncer no estômago de meu pai, que precisava ser operado com urgência, fomos convidados a um grupo familiar em Niterói no Rio de Janeiro.

Era uma tarde de sexta feira às 15 horas, num culto de louvor e adoração que meu pai foi curado totalmente daquele câncer e eu tive o meu fulminante e decisivo encontro com Deus.

Ali, o Senhor apareceu para me dar também, minha primeira palavra profética sobre o chamado que Ele havia me confiado.

3 – RL: Todos nós temos sonhos, você poderia mencionar os seus sonhos e objetivos que ainda não foram alcançados?

LF: Ah... São muitos sonhos!! Viajar o mundo inteiro, ministrar profeticamente sobre as nações e conhecer e amar cada vez mais as pessoas como meu amado Jesus.

Mais canções, mais livros e uma estrutura para pacientes e familiares com câncer que recebam o apoio de acomodação e tudo que envolve o tratamento.

4 – RL: Em relação às suas composições, conte-nos como é o seu processo de criação, seus louvores foram criados baseados em experiências próprias, como por exemplo “Ouço Deus me chamar”?

LF: Todo processo de composição é o simples resultado daquilo que estou vivendo, vendo e conhecendo acerca do mundo e de pessoas em suas próprias lutas, desafios e perdas nas superações. Tudo isso vai girando em mim, numa vida de altar,oração, adoração, palavra e canções que nascem não de um dom, mas das dores pessoais e coletivas.

Acima de tudo, nascem das minhas próprias vivências, todas levadas ao altar de comunhão real e íntima com o meu amado Jesus.

Sobre a canção “Ouço Deus me chamar”, fiz uma das canções que eu nunca imaginaria que fosse gravar!, impossível prever o impacto que causaria e continua causando nas pessoas! Ela é apenas um cântico pessoal que eu cantava só para o meu amado Senhor nas inúmeras madrugadas orando e adorando.

A letra é literalmente o que acontece entre eu e meu Deus.

5- RL: Pra. Ludmila você está atualmente com alguma gravadora? Conte-nos sobre este novo trabalho

LF: Estou ainda em conversas com esta questão de gravadora, mas adianto que este novo projeto é o mais forte de todos que já fiz pessoalmente. São nove músicas, sendo duas

regravações. Coloquei voz durante o período das sessões de quimioterapia e logo após o término dos quatro ciclos que fiz.

6 – RL: O Outubro Rosa é um movimento de adesão mundial que visa estimular o diagnóstico precoce e a luta contra o câncer de mama/útero. Para as nossas leitoras que neste momento estão passando por enfermidades, conte-nos um pouco do seu testemunho.

LF: O choque de saber um diagnóstico assim é quase paralisante. O chão realmente parece sair dos pés. Cada dia o meu processo de lutas para vencer o câncer é como que um ano de “escola de vida”. O apoio da família e dos amigos são duas bases vitais para não deixar a gente desistir.

Mas, acima de tudo, crer na Palavra e Deus e exercitar a fé em orar a Palavra, mesmo diante dos sintomas, é fundamental o foco na Cura, Foco na Vida, foco em Deus e sua Poderosa, Fiel e verdadeira Palavra, temos que fazer o tratamento com foco, determinação e muito bom humor, se não a coisa fica muito, muito difícil de se levar mesmo.

7- RL: Qual o seu recado para os músicos, “levitas”, ministros de louvor e intercessores do ministério de louvor?

LF: Técnica é necessária e muito, mas vida de altar e unção é o que faz toda a diferença. Não podemos ser apenas carregadores de dons e de instrumentos, tem que ser acima disso tudo, carregadores da arca da presença do Deus Vivo. Temos que entender que ser Levita é ser servo, servir e servir com paixão, com amor, com determinação, com humildade e com excelência. Fazer da arte um canal de expressão e manifestação do Divino do céu na terra.

8 - Revista Louve: Para finalizar deixe um recado para a Igreja de Cristo, para o povo de Deus.

LF: Despertamento, avivamento, Jesus está às portas. União, Unidade, Quebrantamento, Jesus está às portas. A igreja é linda é a noiva e o Espírito e a Noiva dizem: Vem! Sem demora! Vem, Senhor Jesus!

ludmila capa

   9 - PingPong:

   Deus: Meu amado Senhor, dono e amor

   Amor: Incondicional

   Família: Tesouro

   Igreja: Noiva linda

   Missão: Paixão pelo chamado, essencial

   Música: Canal do Divino

   Pregar Ministrar a Palavra: Honra

   Paciência: Resultado de maturidade

   Temor: Envolve a santidade

   Cura: Ministério e luta pessoal

   Brasil: Avivamento

 Contatos e convites: (62) 98101-0601 Whatsapp

 

 


Imprimir